quinta-feira, 26 de abril de 2012

Molusc Contagioso - vc sabe o que é?

HA MAIS DE 2 MESES ESTOU PERCEBENDO QUE ANDAM APARECENDO UMAS PELOTINHAS EM VOLTA DO PEITO ESQUERDO DO MEU FILHO...
COMEÇARAM A SE ESPALHAR, E EU DECIDI PROCURAR UM MÉDICO.

FOI ENTÃO QUE DESCOBRI ESSE TAL MOLUSCO CONTAGIOSO...

A FOTO ANEXA É APENAS ILUSTRATIVA.... PEGUEI NO GOOGLE.

ATÉ TENTEI FOTOGRAFAR AS PELOTINHAS DO MEU PEQUENO, MAS APESAR DE MUITAS, ESTÃO BEM PEQUENAS....
a camera nao captou.

A MEDICA DISSE QUE SOMEM SOZINHAS....
MAS EU TO AGONIADA DE VER AQUELAS COISINHAS ....
NÃO ACEITEI BEM NÃO.... vou procurar um dermatologista.






O que é?


É uma infecção freqüente de pele, de origem viral, contagiosa, causada por poxvírus. Afeta principalmente crianças.

Como se desenvolve?

A infecção se dissemina principalmente pelo contato direto de indivíduo a indivíduo. A transmissão sexual não é comum em crianças, como acontece em adolescentes e adultos.

O que se sente?

As lesões são assintomáticas. Se inflamadas ou irritadas podem desencadear ardência ou coceira.

Nas crianças em geral são afetados o tronco, extremidades (braços, mãos, pernas e pés) e rosto - áreas mais expostas.

Nos adultos em geral a área genital é a mais afetada.

As lesões são arredondadas, elevadas, firmes, brilhantes, da cor da pele, roxas ou acastanhadas e com uma depressão central característica.

Medem de 2 a 5 mm, mas podem ser maiores. O espalhamento é por auto-inoculação (de uma lesão para outra), podendo chegar a um número abundante de lesões.

Como se faz o diagnóstico?

Em geral as lesões são bem características, mas se houver dúvida, deve-se encaminhar uma amostra para exame de pele (biópsia) - para confirmação diagnóstica.

Como se trata?

Existem técnicas cirúrgicas não invasivas, de fácil resolução da doença. O paciente deve sempre ser alertado quanto ao aparecimento de novas lesões que estariam em incubação (latentes - sem manifestação clínica).

Também dispõe-se de tratamentos medicamentosos.

Pode até ocorrer cura espontânea após evolução prolongada, mas o tratamento é tão eficaz e fácil que não justifica não ser realizado - por não se prever a duração da moléstia e facilidade de transmissão da virose.

Como se previne?

Evitar o contato direto com as lesões de molusco contagioso.





3 Comentários:

Mirella disse...

Dani, já ouvi falar sim quando estudei virologia, mas só lembrava de ser uma DST, e lembrei de procurar num blog super sério de uma dermato conhecida de uma amigona minha, que tb esta se especializando em dermato.
Espero ajudar!

http://minhapeleemelhorqueasua.blogspot.com.br/2010/05/males-da-infancia-molusco-contagioso.html

Bjo, Mirella.

Recanto das Mamães Blogueiras disse...

Oi Dani!
Eu não tinha ouvido falar nisso ainda. Foi bom saber.
Eu também levaria numa dermatologista pra ter mais uma opinião a respeito.
Beijos de toda Equipe Recanto.

Samara disse...

a minha filha ja teve a dermatologista passou elidel creme antes de dormir e esfoliar com gase e sabonete.em menos de um mes sumiram todas

Related Posts with Thumbnails

Meu Orkut

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo

Receba atualizações no seu e-mail!

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO  

BlogBlogs.Com.Br